Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2015

Lisboa vai poupar com LED em todos os semáforos

Imagem
A Câmara Municipal de Lisboa (CML) prepara-se para substituir as mais de 20.000 lâmpadas incandescentes de semáforos que ainda existem na cidade por óticas LED. A troca, que vai ser feita em aproximadamente 8.500 semáforos, vai ser iniciada nos próximos dois meses e deverá estar finalizada até Julho deste ano.


Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a CML revela que, segundo a proposta apresentada pelo vereador da Estrutura Verde e Energia, José Sá Fernandes, esta mudança vai traduzir-se, desde já, numa poupança de mais de 90% na energia consumida pelas lâmpadas, uma vez que cada lâmpada incandescente, que consome 100W, será trocada por uma ótica LED que irá consumir cerca de 8,3W.

Em termos financeiros, adianta a CML, os 1,1 milhões de euros gastos, anualmente, com energia nos semáforos (correspondentes a 8,5 milhões de kWh/ano) vão ser reduzidos em 160 mil euros por ano nos primeiros dois anos e em mais de 800 mil euros nos anos seguintes.

"No total, a fatura do município com a…

ISEP Iluminação eficiente permitiu poupança "muito significativa"

Imagem
As soluções de iluminação mais eficientes instaladas nos últimos sete anos no Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) permitiram obter já uma poupança muito significativa, tendo o consumo de energia reduzido 75% num só edifício, por exemplo.


O vice-presidente do ISEP, José Carlos Barros, afirmou hoje à Lusa que, tendo em consideração o consumo anual de energia de cerca de 2.500 megawatts hora, aquela escola de engenharia decidiu apostar há sete anos numa política de "modificação tecnológica gradual da iluminação garantindo sempre a manutenção do nível de conforto".

Com a decisão, disse, o ISEP já poupou "uns milhares de euros" em energia e pretende continuar o trabalho, estando definido que todas as lâmpadas que fundirem serão substituídas por Led.

Para marcar o Ano Internacional da Luz, proclamado pela Unesco para 2015, o ISEP promove na quinta-feira a conferência "Engenharia em Movimento", na qual apresentará tecnologias inovadoras e emergentes…

Montesinho, a primeira aldeia do Norte com iluminação pública Led

Bragança, 04 nov (Lusa) -- A aldeia de Montesinho, em Bragança, tornou-se hoje na primeira da região Norte com iluminação pública LED, que vai permitir uma poupança anual de 1.500 euros e uma redução de 65 por cento no consumo de energia.

Montesinho tem apenas 25 habitantes, mas é das mais emblemáticas localidades do concelho de Bragança, em pleno parque natural que lhe herdou o nome, uma das razões da escolha da Câmara de Bragança para lançar este projeto.

Com um investimento na ordem dos 2.400 euros, o município substituiu as 48 lâmpadas da iluminação pública pela nova tecnologia LED, amiga do ambiente que não necessita de manutenção durante 15 anos.

Retirado de: www.visao.sapo.pt

Município de Esposende Investe 384 mil euros para garantir eficiência energética

Imagem
ESPOSENDE – No âmbito do projeto candidatado ao POVT (Programa Operacional Temático Valorização do Território), “Mais Eficiência Energética na Iluminação Pública do Cávado”, o Município de Esposende irá, até ao final do ano, substituir cerca de 1330 luminárias da rede de iluminação pública, num processo que representa um investimento global de aproximadamente 384 mil euros.



Todas a freguesias do concelho serão beneficiadas com este projeto, prevendo-se que 70% dos novos equipamentos sejam de tecnologia LED. A escolha dos locais que integram a candidatura teve em consideração a existência, em ambiente rural e urbano, de luminárias abertas e com rendimento muito deficitário, bem como de luminárias degradadas ou equipadas com lâmpadas de mercúrio e de vapor de sódio de alta pressão de 150 e 250W. Nestes casos, irá efetuar-se a substituição por luminárias mais eficientes, equipadas com lâmpada vapor de sódio de alta pressão de 100W, melhorando a relação eficiência/consumos energéticos.

Te…