Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2015

Vauban: A cidade que recicla, gera energia, quase não tem carros e tem gente feliz

Imagem
Atualmente cada vez mais cidades vêm aderindo ao conceito de sustentabilidade, criando propostas que melhoram a qualidade de vida, reduzindo a poluição, reutilizando e reciclando materiais, racionalizando uso de água e energia e gradualmente tornando a cidade cada vez mais integrada à comunidade com lugares para interação social, melhoria da mobilidade urbana, diminuindo a segregação social e principalmente a gentrificação.



A cidade de Vauban, em Freiburg, na Alemanha se tornou um modelo de cidade sustentável. O projeto começou em meados dos anos 90 em um terreno onde era base militar francesa nomeada em homenagem ao engenheiro militar francês Sébastien Le Prestre de Vauban. Em 1993 iniciou-se o planejamento da cidade, e já nos anos de 1995 e 1996 foram feitos encontros comunitários para conscientização sobre o uso de energia. Em 1998 começaram as primeiras construções e em 2006 o projeto de Vauban estava concluído e funcionando!

Planejada para até 5.000 habitantes, a cidade teve suas…

Quer mudar de fornecedor de energia e tem dúvidas? A Deco ajuda-o

Com o mote “Mudança de operador de energia sem problemas”, a partir desta quinta-feira o site da Associação de Defesa do Consumidor disponibiliza uma plataforma digital com perguntas e informações sobre a mudança de operador

Seis mil portugueses contactaram a Deco nos primeiros sete meses deste ano com dúvidas ou reclamações acerca da mudança de comercializador de eletricidade ou gás, razão pela qual a associação acaba de lançar uma plataforma digital para recolha de relatos.

Com o mote “Mudança de operador de energia sem problemas”, a plataforma digital pode ser usada a partir desta quinta-feira pelos interessados no site da Associação de Defesa do Consumidor, onde se disponibiliza um formulário com perguntas e informações sobre a mudança de operador.

“Queremos potenciar a acessibilidade dos consumidores à reclamação”, explica à Lusa Ana Sofia Ferreira, da Deco, adiantando que no final da campanha a associação irá produzir um relatório sobre as principais reclamações e problemas da m…

E se o sol que reflete nas janelas fosse convertido em energia?

Imagem
Em Coimbra, há quem veja nas janelas (ou em materiais de construção, como os azulejos) potenciais painéis fotovoltaicos. Em julho, a investigação foi capa de uma importante revista cientifica.


Seis investigadores, três da Universidade de Coimbra (UC) e três da Universidade de Sheffield, no Reino Unido, estudaram, em colaboração, por mais de um ano, a possibilidade de vir a transformar a luz solar que reflete nas janelas, em energia elétrica. Um estudo que, garantem, pode vir a ser, a curto prazo, mais eficiente e economicamente mais viável que os painéis fotovoltaicos que hoje existem.

Carlos Serpa, químico de 44 anos, foi um dos investigadores que lideraram o estudo. Lisboeta, fez toda a sua formação académica na cidade de Coimbra, tendo, no entretanto, ingressado no California Institute of Technology, o “Caltech”, nos Estados Unidos. Há quatro anos, a par de outros investigadores, criou a LaserLeap Technologies, uma empresa que, explica, “foi criada para aproveitar uma investigação …